Brevemente

Salamandra-gigante de 200 anos é descoberta em caverna na China


Espécie é uma das mais antigas do mundo; hoje, corre risco de extinção.

Um animal da família dos criptobranquídeos, conhecida em português como salamandra-gigante, foi encontrado em uma caverna próxima a Chongqing, na China, e está causando espanto em estudiosos por suas boas condições.

Estima-se que o enorme espécime - com cerca de 1,3 metros de comprimento e 52 quilos - já esteja na casa dos duzentos anos de vida. Isso é particularmente intrigante, já que as salamandras-gigantes correm risco de extinção na China por conta das mudanças climáticas. Outro fator de risco é o fato de serem consideradas iguarias de luxo e matéria-prima de certas tradições medicinais do país: há quem diga que sua pele contém substâncias excelentes para tratamentos contra envelhecimento para humanos. Por conta de excessivas caçadas, a salamandra-gigante é uma espécie protegida pelo governo hoje em dia.


Animal está sendo analisado por pesquisadores.

As salamandras-gigantes existem há cerca de 170 milhões de anos - são um dos animais mais antigos do mundo, tendo convivido com dinossauros. Uma descoberta como essa é realmente empolgante para a comunidade científica chinesa - que tem muito a aprender em termos de conservação de sua fauna.

(//revistagalileu.globo.com/Ciencia/noticia/2015/12/salamandra-gigante-de-200-anos-e-descoberta-em-caverna-na-china.html)