Informação

Métodos comportamentais


Abstinência

Evitar o ato sexual com penetração.

Método da tabelinha (ou calendário)

É um método natural que não emprega nenhum material ou remédio. Consiste em não ter relação sexuais no período fértil, ou seja, no período mais próximo a ovulação. Portanto, só pode dar certo para mulheres que tem o ciclo menstrual bem regular.

Para determinar o dia provável da ovulação, primeiro a mulher tem de saber direito qual é seu ciclo e se ele é bem regular. Para isso, deve anotar, por oito meses, pelo menos, o dia do início da menstruação. Conforme você já estudou, a ovulação ocorre, aproximadamente, 14 dias antes da próxima menstruação.

A mulher deve anotar em um calendário (na sua “tabela”) o primeiro dia do ciclo. Se ela menstrua de 28 em 28 dias, a ovulação deverá ocorrer no 14º dia - esse é o dia mais fértil. E não deve ter relações sexuais nos quatro dias anteriores e nos quatro dias posteriores à ovulação.

É preciso muito cuidado, o método da tabelinha falha com frequência! Em mulheres com menstruação irregular, ele não funciona mesmo. Até quando o ciclo é bem certinho, pode haver, por algum motivo, irregularidades passageiras. Por isso, não é um método adequado para quem quer de fato evitar a gravidez.

Temperatura basal

Método oriundo na observação das alterações fisiológicas da temperatura corporal ao longo do ciclo menstrual. Após a ovulação, a temperatura basal aumenta entre 0,3 e 0,8º C (ação da progesterona). A paciente deve medir a temperatura oral, durante 5 minutos, pela manhã (após repouso de no mínimo 5 horas) antes de comer ou fazer qualquer esforço, e anotar os resultados durante dois ou mais ciclos menstruais. Esse procedimento deve ser realizado desde o primeiro dia da menstruação até o dia em que a temperatura se elevar por 3 dias consecutivos.

Depois de estabelecer qual é a sua variação normal, e o padrão de aumento, poderá usar a informação, evitando relações sexuais no período fértil.

Uma grande desvantagem do método da temperatura é que se a mulher tiver alguma doença, como um simples resfriado ou virose, todo o esquema se altera, tornando impossível retomar a linha basal, ou saber se o aumento de temperatura é devido à ovulação ou a febre.

Portanto esse método, tanto quanto a tabelinha não são recomendados para quem realmente deseja evitar a gravidez.